Meio Ambiente lança edital para vendedores ambulantes no Dia de Finados

A partir do dia 8 de outubro, às 9 horas, os interessados em trabalhar como vendedores ambulantes nas áreas de acesso aos cemitérios municipais de Lages, durante o Dia de Finados, em 2 de novembro, já poderão se inscrever junto à Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente. Portanto, na próxima segunda-feira (8), no período da manhã, as inscrições se estenderão das 9 às 11 horas, enquanto que à tarde o atendimento será das 14h às 17 horas.

O secretário municipal Euclides Mecabô (Tchá-Tchá) diz que o edital prevê 35 vagas para ambulantes, sendo 10 vagas para o Cemitério Cruz das Almas, no bairro Santa Rita, e outras 25 vagas para os ambulantes que optarem pelas vendas em frente ao cemitério Nossa Senhora da Penha, no bairro Penha. Os documentos exigidos para o preenchimento da ficha de inscrição, são o RG, CPF e comprovante de endereço.

As mercadorias permitidas para comercialização, são as seguintes: algodão doce, picolé, sorvete, doces embalados (industrializados), maçã do amor, vela, flores, artigos religiosos, bebidas não alcoólicas, salgadinhos embalados (tipo chips). Para a venda os ambulantes poderão se utilizar de mesa, cadeira e guarda-sol.

“Será aceita apenas uma inscrição por CPF, sendo que o ambulante deverá escolher em qual cemitério pretende atuar como vendedor ambulante ou fixo. A Polícia Militar irá colaborar com o Meio Ambiente no trabalho de organização dos espaços que estarão liberados para comercialização dos citados produtos”, afirma Tchá-Tchá.

Trabalho de limpeza e reforma de túmulos

O secretário Euclides Mecabô salienta também que na próxima semana será lançado o cronograma dos dias permitidos para os serviços de limpeza, pintura e reforma de túmulos. Fará parte deste cronograma o atendimento direto das 7 horas às 19 horas, juntos aos setores administrativos dos cemitérios municipais, visando atender a grande demanda de serviços a serem realizados no período que antecede a data de Finados.

“Embora ainda não se tenha um cronograma definido, as pessoas já estão liberadas desde já para trabalharem na limpeza e reforma dos túmulos dos seus entes queridos. O que nós não queremos é que deixem para a última hora. Quanto mais cedo os trabalhos forem realizados, melhor será para todos, incluindo o pessoal do setor administrativo dos cemitérios”, fala Tchá-Tchá.

Foto: Arquivo

Compartilhe

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *