Na última eleição foram usadas 800 urnas na região de Lages. TSE vai comprar 180 mil urnas para eleição do ano que vem

Na última eleição, incluindo oito municípios das três zonas eleitorais na região da Amures, foram utilizadas cerca de 800 urnas. A cada eleição, parte das urnas são renovadas, por isso o Tribunal Superior Eleitoral, TSE, vai adquirir novos equipamentos. O edital prevê a compra de 180 mil novas urnas, que serão usadas na eleição para prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. O valor total da compra ainda não foi divulgado pelo TSE. As atuais entraram em funcionamento em 2006 e 2008. Na eleição de 2018, as urnas utilizadas na região da Amures foram compradas no ano de 2009.
Com a aquisição deste novo lote, a tendência é que ocorra substituição em todas as zonas eleitorais do país. A expectativa do chefe do cartório da 21ª zona eleitoral, Gilmar Duarte da Luz, é que pelo menos para a região sejam utilizadas urnas fabricadas em 2015. Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, a substituição dos equipamentos é necessária para melhorar a tecnologia utilizada nas urnas. De acordo com o secretário, o Brasil realiza a maior eleição informatizada do mundo. As urnas eletrônicas começaram a ser utilizadas nas eleições municipais de 1996. Segundo o TSE, nunca houve qualquer espécie de fraude no sistema eletrônico de votação.

Informações Comunicação do TSE e do Cartório Eleitoral de Lages

Foto Divulgação/Internet

Compartilhe

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *